Cinema do Dragão do Mar reabre e exibe filmes de temática gay

"Suk Suk - Um amor em segredo" é um dos filmes em cartaz no Cinema do Dragão do Mar
 

O Cinema do Dragão do Mar volta com sua programação de filmes, mas recebendo apenas 50% do público, em respeito as normas de distanciamento social. Reaberto desde julho, o importante equipamento de cultura do estado, exibe nessa semana duas produções de temática gay.

A primeira delas é "Suk Suk - Um amor em segredo", uma produção chinesa lançada em 2019.

SINOPSE: Pak é um motorista de táxi de 70 anos de idade que vive com sua esposa; seu filho está feliz com o casamento e a paternidade, e sua filha está grávida e prestes a se casar. Hoi, desde seu divórcio, vive com seu filho, um cristão devoto, e a família dele. Os dois homens, que passaram a vida toda sem jamais revelar suas identidades sexuais, encontram-se por acaso nas ruas de Hong Kong. Quando Pak e Hoi se apaixonam, eles contemplam um possível futuro juntos. Seleção oficial de Busan e da seção Panorama da Berlinale.


A segunda dica é a produção nacional "Piedade", nela o personagem Sandro, interpretado por Cauã Reymon, protagoniza uma cena de sexo com o executivo Aurélio (Matheus Nachtergaele)

SINOPSE: Praia da Saudade, Piedade. Conhecido por sua deliciosa moqueca de cação e cerveja gelada, e gerido por Dona Carminha e seu filho Omar, o bar Paraíso do Mar é um dos focos da resistência local contra o avanço predatório da corporação petroleira Petrogreen. Quando o executivo Aurélio (Matheus Nachtergaele) chega representando os interesses da empresa, o cotidiano da família é abalado, trazendo à tona segredos há muito escondidos e uma inusitada conexão com Sandro, dono de um cinema pornô do outro lado da cidade.

  

As produções seguem em cartaz até a próxima quinta-feira, dia 15 de setembro.