Header Ads

Últimas

Netinho e Carlinhos Mendigo irão responder judicialmente por declarações homofóbicas

Carlinhos Mendigo e Netinho foram denunciados pelo suplente de deputado Agripino Magalhães

 

O cantor baiano Netinho, deverá responder judicialmente às declarações feitas por ele durante entrevista ao deputado Eduardo Bolsonaro no dia 29 de julho. Na ocasião, o cantor que está longe dos palcos, declarou que os gays foram doutrinados a enxergar com o fiofó: "se esse pessoal LGBTQIA+ não vivesse de acordo com o fiofó, porque eles vivem assim, pensando no fiofó, estariam hoje comandando o Brasil junto com o Jair (Bolsonaro), apoiando o Jair, ia ser maravilhoso. Mas eles foram doutrinados a enxergar a vida pela lente do fiofó".

Quem também deverá se explicar na justiça é o humorista Carlinhos Mendigo, após uma série de publicações numa rede social. Os posts de teor transfóbico foram direcionados a Thammy Miranda, filho trans da cantora Gretchem. Atualmente o perfil de Carlinhos está suspenso na rede social.

A denúncia

Os episódios foram levados à justiça pelo suplente de deputado estadual por São Paulo, Agripino Magalhães, na manhã do último dia 10. 

"Hoje, segunda-feira, dia 10 de Agosto de 2020. Eu, Agripino Magalhães, juntamente com os meus advogados, iremos abrir denúncia [queixa-crime] contra o cantor Netinho da Bahia e o Carlinhos Silva (Mendigo). Iremos abrir no Ministério Público de São Paulo, por crimes de ofensas homofóbicas e transfóbicas. Netinho da Bahia e Carlinhos Silva (Mendigo) irão responder na Justiça", afirmou em publicação no Instagram.

 

 

Nenhum comentário