Header Ads

Últimas

Cidade do México criminaliza terapias de "cura gay"

Foto: Jorge Núñez / EFE


Na sexta-feira, 24, a Cidade do México criminalizou as terapias de conversão de gays em heterossexuais, conhecidas como "cura gay". A lei foi aprovada pelos deputados da assembleia durante uma votação virtual e teve o apoio de diferentes partidos.

A pena para quem oferecer serviços de terapia de conversão sexual e de gênero é de até 5 anos de prisão. Penas mais duras podem ser aplicadas para quem submeter menores de idade a esse tipo de prática.

Segundo a projeto de lei aprovado na Cidade do México, é entendido como "terapia de conversão" as seguintes práticas: medidas psicológicas ou psiquiátricas ou tratamentos que têm como intuito nulificar, dificultar ou debilitar a expressão da orientação sexual ou identidade de gênero de uma pessoa.

A capital mexicana é a primeira cidade do país a proibir a "cura gay", ela também foi pioneira sendo a primeira jurisdição a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo gênero do México em 2009.

Nenhum comentário