Header Ads

Últimas

12 séries de temática LGBTQ para você assistir na quarentena

Tyler Posey e Avan Jorgia são um casal em "Now Apocalypse", uma das séries que figuram nossa lista


Se você já assistiu "The L World", ou "Queer As Folk" e acredita que tem um ótimo repertório de séries LGBTQ, é melhor tirar o cavalinho da chuva. Uma infinidade de produções têm abordado o universo do arco-íris e você bem que poderia aproveitar essa quarentena para assistir algumas delas.
Listamos aqui várias séries, disponíveis em várias plataformas de streaming para você conferir.

Faz a pipoca, senta no sofá e boa maratona.

 1. ELITE

Você já deve ter ouvido falar de "Elite", a série espanhola de suspense já chegou em sua terceira temporada e se você ainda não assistiu, você está perdendo tempo e um ótimo entretenimento. Toda a trama acontece nos limites de "Las Encinas", uma escola particular exclusiva e caríssima. Alterando toda a paisagem, três adolescentes de famílias pobres acabam se tornando bolsistas de "Las Encinas" e devem se misturar com um conjunto de crianças arrogantes e privilegiadas que regularmente se metem em todo tipo de problemas estranhos. Se você achou o enredo parecido com "Gossip Girl" lamento informar, mas "Elite" consegue ir além. E se isso não for suficiente para seduzi-lo, há toneladas de conexões estranhas e poliamorosas, muita nudez masculina gratuita e um assassinato misterioso.

Onde assistir: Netflix


2. POSE 


A série tem autoria de Ryan Murphy, a mente criadora de outros sucessos como "Glee" e "American Horror Story". "Pose" já é classificada como uma das melhores séries de temática LGBTQ dessa década.  Protagonizada em grande parte por atrizes trans, a série retrata a icônica cultura drag do Harlem, que explodiu nas décadas de 80 e 90 nos Estados Unidos. A epidemia e o medo da AIDS também são parte forte no enredo de "Pose", mas a produção vai além disso, e sabe dosar o glamour da cena LGBTQ da época e todo o drama de ser trans nessas décadas. É quase impossível não gostar depois de três episódios.

Onde assistir: Netflix


3. SEARCH PARTY


Essa não é bem uma série explicitamente LGBTQ, embora exista um personagem gay, Elliott Goss - um estereótipo gay daquele tipo divetido. Na trama basicamente, Alia Shawkat faz uma jornada existencial depois que uma garota de sua escola desaparece e Alia promete encontrá-la. O enredo parece banal, talvez até seja, mas sinceramente assista e depois me conte o que você achou.

Onde assistir: Amazon Prime




4. LOOKING


Talvez você já tenha ouvido de "Looking", talvez não - não tenho certeza de quão popular é a série, mas se você gosta das produções da HBO, com enredos modernos e adora cenas de sexo realistas, você vai amar "Looking"! Situado em San Francisco, a produção conta basicamente sobre a vida de 3 amigos gays e isso envolve trabalho, sexo, carreira e relacionamentos. Tudo é tão atual que você vai se identificar com quase tudo, ou ao menos vai conhecer alguém que se identifique. A série tem alguns rostos conhecidos no elenco, e claro, corpos maravilhosos.

Onde assistir: NOW


5. LIP SERVICE

Se você está procurando uma alternativa sexy para o melodrama lésbico "The L Word", não procure mais do que esta série britânica que já acabou, mas não foi esquecida! Focalizando um grupo de jovens lésbicas atraentes que moram em Edimburgo e navegam na vida adulta, o programa equilibra a confusão com humor de uma maneira agradável e super viciante.

Onde assistir: HULU


6. BROAD CITY


Se você nunca assistiu a "Broad City", com franqueza, não está usando seu tempo corretamente durante essa quarentena. A série terminou sua última temporada no ano passado, mas realmente todo o programa parece a comédia mais recente que eu já vi nos últimos anos. Seguimos Abbi e Ilana, duas jovens comuns que vivem em Nova York e lidam com empregos, amantes e feminilidade - você já viu isso antes, certo? Errado. Esta série é mais divertida, ousada e estranha do que qualquer um desses programas, e eu sei que você vai gostar.

Onde assistir: Amazon Prime



7. NOW APOCALYPSE


Essa produção tem assinatura do cineasta Gregg Araki, que inclusive tem vários filmes de temática queer para você assistir, ele é o diretor do clássico "Mistérios da Carne", mas voltando a falar sobre "Now Apocalypse", a série chegou às telas em meados do ano passado e foi cancelada logo depois da primeira temporada, mas calma, a produção é boa. Estrelando vários moços incríveis da nova geração de atores como Avan Jogia, Tyler Posey e Jacob Artist, a história segue Ulysses, um carinha sexualmente fluido, e seus companheiros que estão vivendo o sonho jovem em Los Angeles. Enquanto eles vivem experiências loucas e super sexuais, uma potencial invasão alienígena surge na terra. A série é sexy e com certeza bem insana, mas você vai gostar.

Onde assistir: Amazon Prime



8. THE FOSTERS


Tragam de volta "The Fosters"! Essa série é maravilhosa, dramática e extremamente necessária, em todas as suas quatro temporadas. Situada em San Diego, EUA, a história segue a vida de Stef e Lena, um casal de lésbicas, e sua grande família multiétnica que está apenas tentando sobreviver na América moderna. Você reconhecerá alguns rostos famosos desta série. "The Fosters" também é a famosa série que mostrou um beijo entre dois garotos adolescentes, mas esse gift só acontece na segunda temporada.

Onde assistir: Amazon Prime


9. SPECIAL


Essa série é tão boa que definitivamente você pode comer ela em uma única noite, porque os episódios têm apenas 15 minutos! A série é uma criação do ator e escritor abertamente gay Ryan O'Connell, que tem paralisia cerebral. A história segue a vida de seu personagem quando ele começa a trabalhar para uma agência de mídia estranhamente familiar, enquanto tenta ter uma vida amorosa e lutar pela sua independência, contrariando sua mãe super adorável e extremamente protetora (interpretada por Jessica Hecht!). "Especial" é tão fofa e adorável, que vocês vão implorar por uma segunda temporada.

Onde assistir: Netflix





10. UNITED STATES OF TARA


Se há algo nessa série que merece ser elogiado, com certeza é o desempenho de Toni Collette. Ela interpreta Tara, uma mãe do Kansas que luta contra um caso desconcertante e implacável de Transtorno Dissociativo de Identidade. A série é super liberal, divertida e viciante. O elenco é muito estelar e eles realmente carregam a história quando ela tropeça (o que acontece um pouco). Palmas para o sensível filho gay de Tara, sua filha rebelde e sua irmã obcecada. Adianto que temos aqui uma comédia de muita qualidade.

Onde asssitir: Amazon Prime


11. SEX EDUCATION


Esta é uma série bem conhecida, mas ainda assim há muitas pessoas que não assistiram, por isso ela figura na nossa lista de recomendações! Confusamente retrô e ao mesmo tempo refrescantemente moderna, esta série adolescente paradoxal segue Otis, um terapeuta sexual amador, frustrado sexualmente, que cria um serviço discreto de aconselhamento em sua escola com a ajuda da garota má, Maeve. Aqui temos uma dose forte de drama adolescente, alguns romances complicados e muitos acontecimentos hilariantes, além de pautas importantes do universo do sexo que normalmente ainda são tabus na tv.

Onde assistir: Netflix


12. RUPAUL'S DRAG RACE


Eu realmente preciso falar sobre "RuPaul's Drag Race"? Sim preciso, e o motivo é claro, esse é o reality show drag que mais atrai os holofotes na atualidade. A lendária drag queen RuPaul Charles organiza uma competição no estilo de concurso em que as rainhas competem para ganhar um prêmio em dinheiro e uma notoriedade séria. Às vezes é hilário, emocionante e incrivelmente divertido, é isso que você pode esperar desta série, além de muito glamour e brilho.

Onde assistir: Netflix


Nenhum comentário