Header Ads

Deputado revela ser gay, após ameaçar agredir transexuais com tapas

Deputado Douglas Garcia do PSL/SP


"O mundo é um moinho", é com essa citação de Cartola que vamos falar sobre o deputado Douglas Garcia (PSL), o parlamentar foi um dos assuntos mais comentados na internet e ganhou destaque na Assembleia Legislativa de São Paulo, não por seus projetos políticos, mas pela forma como o político que é contra as pautas do movimento LGBTQ, foi arrancado do armário. Sim, ele é um deputado de extrema direita, negro e gay!

Na quarta-feira, 03, Garcia protagonizou uma discussão com a deputada trans Erica Malunguinho (PSOL), onde afirmou: “Se um homem que se acha mulher entrar no banheiro em que estiver minha mãe ou irmã, tiro de lá a tapa e depois chamo a polícia”. O vídeo da discussão você confere abaixo:


Dois dias após o episódio transfóbico, Garcia procurou a também deputada, Janaína Paschoal (PSL) para pedir ajuda. No plenário Janaína fez o anúncio de que o deputado é gay: “Ele conseguiu conversar com os pais dele e dizer aos pais que ele é homossexual e veio falar comigo preocupado que isso pudesse prejudicar a bancada. E eu disse que só se fossem pessoas irracionais”.

Segundo Janaína e Garcia, a opção em fazer o anúncio público foi um forma de evitar episódio vexaminosos contra Garcia e contra o partido: “como uma questão particular minha nunca quis trazer a público porque é coisa de foro íntimo meu, nunca utilizei isso como bandeira política. Mas como estão chegando ameaças, resolvi contar com apoio da senhora e de toda a minha bancada para me adiantar antes que acabem denegrindo a imagem do partido e a bancada”, afirma Garcia.

Garcia reafirmou que o outing não irá mudar suas visões políticas, e que inclusive ele continuará lutando contra o que chama de "ideologia de gênero".