Header Ads

Fortaleza ganha uma nova boate para o público LGBTQ+



Nesse último final de semana, Fortaleza ganhou uma nova boate queer, o "Club Viva" abriu as portas na sexta-feira, 15, e pretende abraçar um público que ficou sem lar na noite alencarina. “Vamos trabalhar com dois, três promoters a cada noite. E teremos perfis distintos. Nas sextas-feiras, faremos uma balada retrô, com uma pegada flashback, anos 1980/1990. Já nos sábados, teremos uma pegada mais atual, mais house, que era um público que a Meet tinha, e está por perdido por aí, ninguém mais faz”,  explicou Celmo Araújo, que está a frente do empreendimento, em entrevista a coluna CENA G.

Situada no entorno do Dragão do Mar, coração noturno da capital cearense, o "Club Viva" fica ao lado da Boate Level (Rua Dragão do Mar, 198), outro empreendimento assinado por Celmo. Com dois andares, o projeto tem assinatura do arquiteto e designer de interiores Tiago Fasano. “A gente fez a requalificação dos ambientes, reformou os banheiros, ampliou o palco. No térreo, teremos um bar grande e no primeiro andar um camarote, lounges, mais um bar e mais banheiros. É um espaço bem amplo”, conta Fasano.

Nos últimos cinco anos a capital cearense perdeu três casas noturnas que fecharam as portas, a icônica "Divine", berço da arte queer no estado, além das boates Meet Music & Lounge e Donna Santa, que antes de fechar transformou-se em DS Club. Ao "Club Viva" fica meu mais sincero desejo de sucesso.