Header Ads

Últimas

Damares promete que direitos dos LGBT's serão assegurados

Damares Alves, pastora evangélica e Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos


Mesmo fora das diretrizes destinadas a promoção dos direitos humanos, as pautas da comunidade LGBT's serão asseguradas. Foi o que confirmou a pastora e Ministra do Direitos Humanos, da Mulher e da Família, Damares Alves. "Teremos um diálogo aberto com a comunidade LGBT. Nenhum direito conquistado pela comunidade LGBT será violado", afirmou a ministra. É importante ressaltar na fala de Damares que não foi mencionado a conquista de nenhum novo direito, como a criminalização da homofobia, por exemplo.

Além disso, Damares anunciou qual secretaria será responsável pelas demandas dos gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. A Secretaria de Proteção Global, sob tutela do gestor público Sérgio Queiroz, terá uma diretoria dedicada às causas LGBT. A notícia é um pequeno alívio para a comunidade, tendo em vista que as pautas não foram totalmente excluídas do governo de Jair Bolsonaro.

Retrocesso

Em seu discurso, Damares disse ainda que as pautas LGBT's "nunca foram cuidadas por uma secretaria, sempre foram cuidadas por uma diretoria". Ela afirma que Bolsonaro respeitou essa estrutura, portanto a comunidade LGBT "continua com a estrutura que tinha no ministério", explicou Damares.

Na verdade, nos governos de Lula e Dilma, as pautas LGBT's eram administradas por uma secretaria, somente após o golpe e a posse de Michel Temer, a pasta foi reduzida a uma diretoria.