Header Ads

Bolsonaro reafirma combate a "ideologia de gênero" em discurso de posse



Jair Bolsonaro tomou posse na tarde de hoje, 01, em Brasília. A cerimônia contou com um histórico esquema de segurança e em seu discurso de posse, o presidente eleito reforçou o combate ao que ele chama de "ideologia de gênero", outros pontos polêmicos das sua campanha também foram reafirmados por ele, como a posse de armas.

Bolsonaro falou em "reerguer a pátria" livre de "submissão ideológica". O novo presidente afirmou ainda que vai "unir o povo, valorizar a família, respeitar as religiões e nossa tradição judaico-cristã, combater a ideologia de gênero, conservando nossos valores".

Nome Social

Informações dão conta de que em seus primeiros dias de mandato, Bolsonaro deverá revogar o uso do nome social em repartições públicas. O decreto assinado por Dilma em 2016, autorizava transexuais e travestis a usarem o nome social em repartições públicas federais, como ministérios, universidades federais e empresas estatais.

Essa poderá ser a primeira conquista da comunidade LGBT  a ser perdida durante o governo de Bolsonaro. A união civil entre pessoas do mesmo sexo, cotas para transexuais e outras pautas da causa LGBT também podem ser ameaçadas.

Assista ao discurso na íntegra: