Header Ads

Sugar Baby americano revela como é ganhar a vida saindo com homens mais velhos



"Uma pessoa em um relacionamento romântico que recebe dinheiro, presentes ou outros benefícios em troca de estar em um relacionamento", essa é a definição de suggar baby segundo o Wikipédia, para alguns a "atividade" não pode ser chamada de "prostituição", para outros, ambas seguem o mesmo princípio. Para o influencer de Seattle, Kaeden Harveland, de 18 anos,isso pouco importa, em entrevista o site Quuerty, ele falou como é ser um suggar baby.

Com mais de 50.000 assinantes do YouTube e quase 20.000 seguidores no Instagram, Kaeden revela que começou cedo: "Estou fazendo isso há dois anos", diz Kaeden ao site HuffPost. Você não leu errado, ele começou a atividade a dois anos atrás, ou seja ainda com 16 anos. "Eles me pagam para ficar com eles, o visual é importante. Eles se sentem mais importantes quando passam um tempo com uma pessoa "linda", afirma o jovem.

Kaeden estima que ele tenha entre 30 e 50 paizinhos nos últimos dois anos, alguns são mais velhos, outros mais jovens, alguns casados e também solteiros já mimaram o jovem. “Alguns relacionamentos com sugar babys podem durar alguns meses ou anos, outros são apenas um compromisso ”, explica ele. “A maioria dos homens vem do exterior ou viaja muito. Quando eles vêm à minha cidade, nos vemos uma ou duas vezes", completa.


As atividades durante um encontro variam de jantar e bebidas a longos passeios românticos e conversas no Skype. Kaeden diz que faz de US $ 2.000 a US $ 5.000 por mês apenas saindo com senhores mais velhos, que então o cobrem de presentes e carinho. "Eu já recebi tudo o que é possível", diz ele, "de um relógio de US $ 15 mil a roupas ou produtos da Apple". 

Quanto aos seus amigos e familiares, Kaeden diz que eles são muito favoráveis ​​à sua "profissão escolhida". "Eu sou apoiado por todos os lados", diz. “Alguns amigos foram tão inspirados por mim que também tentaram ser sugar babys. Eu continuo recebendo mensagens porque eles querem dicas de mim", finaliza.

Ao contrário da prostituição, os sugar babys podem escolher com quais daddies querem se relacionar, e muitas vezes  não há a obrigatoriedade do sexo durante os encontros. É importante lembrar que não incentivamos ou apoiamos a pedofilia ou prostituição infantil, isso é crime, já para os maiores de 18 anos que pretendem se arriscar na prática: boa sorte e cuidado!