Header Ads

"Uma mulher fantástica" é o primeiro filme da história estrelado por uma trans a ganhar um Oscar

A chilena Daniela Vega, interpreta Marina, uma transexual que perde o namorado 20 anos mais velho e precisa vencer a transfobia dos familiares do companheiro

"Uma mulher fantástica" estrelado pela chilena Daniela Vega, quebrou tabus na cerimônia do Oscar realizada na noite da último domingo, 05. O filme ganhou a estatueta na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, se consagrando como o primeiro longa estrelado por uma trans, a ser premiado no Oscar. Antes, outros filmes sobre ou com personagens trans já haviam sido premiados, mas todos foram interpretados por atores cisgênero. 

Em "Uma mulher fantástica" Daniela vive Marina, uma transexual casada com Orlando, vinte anos mais velho. Após a morte do companheiro ela é alvo da hostilidade e transfobia da família de Orlando.  Marina lutará com a mesma energia que dedica desde sempre para se tornar naquilo que é: uma mulher forte, corajosa, digna e uma mulher fantástica!


Além de atriz, Daniela é cantora lírica, a atriz sempre teve a música e teatro entre seus principais trabalhos, até ser convidada para estrelar "Uma mulher fantástica". "Marina e eu compartilhamos que somos 'trans', que gostamos de cantar ópera e dos homens bonitos, nada mais", disse Vega em uma entrevista à agência AFP. "Ela é muito mais elegante que eu, tem mais paciência, é uma mulher muito mais pacífica, eu sou mais explosiva, mais latina." 

Assista ao trailer de "Uma mulher fantástica".