Header Ads

Novo single de "Years and Years" é sobre héteros que experimentam sexo gay


Meu "Years and Years" tá vivo!
A banda lançou o clipe de "Sanctify" no último dia 7, a música é a mais recente depois de 1 ano sem nenhum hit. Em entrevista a GQ o vocalista do grupo, Olly Alexander, revelou que o single fala sobre fala sobre homens heterossexuais que experimentaram sexo com outros homens. 

Alguns trechos da música deixam isso claro: "À noite, você vem até mim, porque eu sou o único que sabe quem você é", diz a música.  Em outro trecho ele afirma "você não precisa fingir pra mim, eu vejo o que está embaixo da tua máscara; eu sou um homem como você, respiro os rituais da dança do dançarino".

“Tenho tido vários encontros com homens héteros que não estão sendo héteros comigo e estão lutando com a sexualidade deles. Estou fascinado por essa dinâmica porque, para os iniciantes, é uma experiência comum, eu acho, ser um homem gay se apaixonando por um hétero”, disse Olly à GQ. 


Em outro trecho ele afirma: "Eu acho que, para muitos gays, você se apaixona por amigos héteros na escola. Isso aconteceu comigo, e acho que isso é realmente super comum. Mas também, agora que sou um gay muito bem assumido, eu notei como alguns homens héteros transitam… é estranho porque quase me vi tendo esses encontros com caras heterossexuais e me colocando nesse papel de santo e pecador, ou como anjo e diabo, porque os estou conduzindo pelo caminho da “Gayzisse pecadora”, mas também estou ajudando a satisfazer o desejo sexual que eles sentem que não podem receber em nenhum outro lugar. É estranho ter esse dilema, e então pensei, “vou escrever uma música sobre isso!”.




No vídeo, Olly vive um androide programado para se juntar aos humanos e ajudá-los a se libertarem e serem quem realmente são. O clipe futurista tem uma pegada meio apocalíptica, com direito a dança que vai te fazer lembrar de "Elastic Heart" da Sia e do seriado "The OA" do Netflix.