Header Ads

Youtuber acusa o ator pornô Topher DiMaggio de assédio sexual

Topher DiMaggio, a esquerda, teria apalpado a bunda do Youtuber Bryan Hawn sem seu consentimento durante uma festa


O astro do pornô gay, Topher DiMaggio já pode adicionar mais uma acusação de assédio sexual em seu currículo sua ficha. Em entrevista recente ao site Instinct, o youtuber Bryan Hawn, revelou que o astro o assediou durante uma festa.

"No ano passado, eu estava no Mickey's em Los Angeles, onde [DiMaggio] estava hospedando. A noite, e ele veio até mim, me agarrou pelas pernas tentando me pegar e colocar as mãos na minha bunda. Eu gritei para ele parar várias vezes no meio do clube mas ele persistiu. O clube ficou em silêncio enquanto todos estavam olhando para mim. Eu tive que lutar com todas as minhas forças para tirá-lo de mim, ele incrivelmente agressivo", afirma Hawn.

Não bastasse todo o constrangimento, DiMaggio ainda agrediu verbalmente o youtuber: "Quando ele finalmente parou, ele me chamou de buceta e me disse que eu preciso aprender a ser mais homem. Ele continuou me chamando de nomes enquanto voltei para seus amigos, que estavam completamente envergonhados por ele. Foi errado em todos os níveis. Estou certo de que não sou o primeiro cara que experimentou essa atenção indesejada e provavelmente não serei o último ". 

Hawn é conhecido por seus vídeos de paródias musicais do YouTube onde ele sempre está seminu ou com pouca roupa. Em janeiro desse ano, o também ator pornô Tegan Zayne já havia acusado DiMaggio de assédio sexual. 





Na época DiMaggio negou fortemente as alegações originais de violação contra ele feitas por Tegan Zayne, dizendo: "Essas acusações terríveis me chocaram até o meu coração. Todas as minhas relações com essa pessoa foram consensuais e dispostas ". Sobre a acusação de Hawn, ele não respondeu.