Header Ads

5 motivos para você assistir "Queer Eye', novo reality show da Netflix



Fevereiro chegou com um presente delicioso da Netflix, o serviço de streaming fez um reboot do reality "Queer Eye for the Straight Guy" - desta vez intitulado somente "Queer Eye". Lançado no dia 7 de fevereiro, os oito novos episódios são quase um manual que todo homem deveria ler, seja gay ou hétero.

O babado funciona assim: os cinco fabulosos, Antoni Porowski, especialista em comida e vinho; Bobby Berk, especialista em design; Karamo Brown, responsável por cultura; Jonathan Van Ness, que sabe tudo sobre cuidados pessoais com barba, pele e cabelo, e por fim, Tan France, que lidera o departamento de moda, são as estrelas do programa.

Em cada episódio eles vão ajudar homens a melhorem sua autoestima, confiança e claro, com um empurrãozinho para deixar os moços abertos ao novo, tolerantes e claro, cultos e bonitos. De maneira geral, temos um "Esquadrão da Mona" que vai além da moda, e é comandando por cinco homens gays.


 
Listamos 5 motivos e curiosidades sobre o programa para te convencer a ver essa delícia:

O predecessor
O show original teve cinco temporadas exibidas entre 2003 e 2007, ganhou diversos prêmios como o Emmy de melhor reality show e foi o programa de maior sucesso do canal Bravo nos Estados Unidos, atingindo milhões de telespectadores por episódio. Além disso, foi muito importante para incentivar discussões sobre tolerância no país.

O nome 
O nome da série original poderia ser traduzido para algo como olhar gay para o homem hétero, isso porque o show original apresentava os "Fab Five" trabalhando para arrumar a vida de um homem heterossexual. A nova série, entretanto, decidiu por tirar a parte para o homem hétero e há um motivo para isso - os novos episódios serão sobre pessoas em toda a sua diversidade, sobre aceitar e se ajudar independente de orientação sexual, não sobre homens héteros.

A premissa 
Tan France diz, logo no início do primeiro trailer, que enquanto o primeiro show lutou por tolerância, o novo vai lutar por aceitação. Segundo ele, não havia espaço para as vidas pessoais dos apresentadores nos episódios antigos, agora eles se abrem e mostram para o público que não tem contato com a comunidade gay que homens homossexuais são pessoas como eles, tem suas vidas, seus casamentos, suas famílias e suas crises comuns a muitas outras pessoas. Será um reality com mais diversidade e mais político que o anterior.

Os apresentadores 
Os apresentadores já são muito bem sucedidos fora do reality. Tan France é o criador da linha de roupas Kingdom & State, Jonathan Van Ness é a estrela da web serie viral Gay of Thrones, Bob Berk tem uma linha de móveis, Karamo Brown foi uma estrela da MTV e Antoni Porowski é um chef de sucesso. Juntos eles formam um quinteto carismático capaz de conquistar qualquer um.

O número de episódios 
Serão lançados simultaneamente oito episódios de uma hora cada. Oito horas de reality show é mais do que suficiente para quem não tem muita paciência de acompanhar realities longos, mas também já é uma boa quantidade de entretenimento e certamente não vai deixar a desejar!