Header Ads

Michê é preso após tentar extorquir R$ 5 mil para não divulgar sextape de cliente




Um garoto de programa de 22 anos foi preso suspeito de extorquir um cliente, ameaçando-o publicar um vídeo da relação sexual entre eles, que foi gravado com uma câmera escondida, caso a vítima não pagasse a quantia de R$ 5 mil, de acordo com a Polícia Civil.

A prisão ocorreu na noite dessa quarta-feira (17), no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, e foi realizada pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, após a vítima ter procurado a polícia para denunciar o caso. 



Com base no depoimento do homem que teria sido vítima do garoto de programa, a relação sexual entre eles foi gravada com uma câmera escondida em uma chave de carro e as extorsões aconteceram através do WhatsApp, por meio de ameaças de publicação do vídeo, caso a vítima não pagasse o valor solicitado.



O homem preso declarou à polícia que fez isso porque tinha uma dívida de R$ 1 mil e precisava do dinheiro para pagá-la, mas a PC investiga se há outras vítimas desse mesmo golpe.

O garoto de programa estava na carceragem da Central de Polícia da Capital aguardando a audiência de custódia até o início da manhã desta quinta-feira.