Header Ads

Escola em Fortaleza é acusada de transfobia, após expulsar aluna trans de 13 anos

Mara Beatriz, mãe da vítima, acusa a escola de cometer "prática transfóbica"

A Escola Sesc Educar em Fortaleza, está sendo acusada de transfobia, após "expulsar" uma aluna trans. De acordo com publicação de Mara Beatriz, sua filha, Lara, de 13 anos teria sido expulsa da escola, mesmo tendo boa notas. A mãe alega prática transfóbica: "Venho repudiar a atitude da Escola Educar Sesc, ligada ao Sistema Fecomercio, que hoje EXPULSOU minha filha trans de 13 anos, que lá estuda desde os 2 anos de idade, numa clara PRÁTICA TRANSFÓBICA" diz a publicação.

Segundo Mara, a escola não vinha respeitando a norma 12/2015, que "garante o reconhecimento e adoção do nome social em instituições e redes de ensino de todos os níveis e modalidades, bem como o uso do banheiro de acordo com a identidade de gênero de cada sujeito". 

A esquerda aos dois anos de idade, a direita. Lara com 13 anos segurando seu primeiro uniforme da escola / Foto: Reprodução Facebook

 "Desrespeitava o nome social, colocando o nome civil em todos os registros, tais como frequência, avaliações, boletins, a submetendo ao constrangimento. O banheiro feminino também lhe foi negado, com a recomendação que usasse o banheiro da coordenação.
Depois, a impediram de pegar a carteirinha de estudante com o nome social (como a Etufor garante) porque se negaram a confirmar a matrícula dela, o que causa danos morais e também financeiros, uma vez que ela não pode exercer seu direito à meia", afirma.

Mara foi chamada para uma reunião na escola, na terça-feira, onde foi surpreendida com uma "recomendação" para que pudesse procurar uma outra escola que pudesse atender “as necessidades” de sua filha.  De acordo com publicação do site O POVO, a escola não negou as "recomendações", mas segundo a diretora pedagógica Marta Araújo Pereira, “o Sesc não teria nada a declarar”. 

A família registrou um B.O. na Dececa e está sendo acompanhada pela advogada do Centro de Referência LGBT Janaina Dutra na capital cearense.