Header Ads

Sem apoio da prefeitura, Parada LGBT do Rio de Janeiro é adiada



Agora é oficial, a prefeitura do Rio de Janeiro não irá apoiar a Parada do Orgulho LGBT da cidade maravilhosa. Marcada para o dia 15 de outubro, o evento foi adiado para 19 de novembro, devido a falta de apoio do poder público.

Segundo informações do coluna do Ancelmo Gois, do jornal O Globo, o prefeito Marcello Crivella, que também é bispo da Igreja Universal, não quer que sua gestão apoie o evento. A única saída para os organizadores foi adiar a data e tentar até lá, arrecadar com parceiros privados o valor de R$ 500 mil para garantir uma estrutura mínima (de banheiros químicos à segurança).

A matéria diz ainda que estado e prefeitura devem respectivamente R$ 696 mil e R$ 68 mil, por edições anteriores da parada.