Header Ads

Conversa vazada revela sexo em troca de delação: “Eu já arrumei um viado"



Vazaram recentemente, áudios da negociação entre entre os ex-executivos da JBS, Joesley Batista e Ricardo Saud, sobre o fechamento do acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF). Em cerca de 4 horas de gravações os delatores falam sobre adultério, sexo e propinas. Em um momento do áudio Joesley afirma: “Eu já arrumei um viado pra dar para quem a gente precisar. Sério, já tenho contratado um”.

O suposto "viado" citado por Joesley iria para cama com pessoas indicadas pelo empresário, para garantir o fechamento do acordo de delação, que gerou benefícios para o empresário e culminou em mais uma denúncia contra Michel Temer.

As conversam apontam indícios de irregularidades que podem anular as delações de Joesley, segundo anúncio do procurador-geral da República Rodrigo Janot. Em outro trecho Joesley ordena a um dos seus advogados que faça sexo com um mulher envolvida no acordo de delação: “Eu já falei para o Francisco, você tem até domingo que vem para comer a (…). Se não, eu vou c… Francisco, é trabalho, viu!? Vou te dar até domingo que vem. Se não, eu vou fazer o serviço”, completa o empresário. 

Em outro trecho ele afirma: “É o seguinte, ou vai no amor ou vai na…(silêncio). É serviço, cara”. “Nós vamos ajeitar a (nome de mulher), nós vamos ajeitar o (nome de um homem). Vamos ver o que cada um está precisando”, finalizou.