Produtor de Pabllo Vittar rebate acusações de Rico Dalasam: "Existe uma mágoa"



Chegamos a mais um episódio da novela Rico Dalasam VS Pabllo Vittar, dessa vez o DJ Gorky, produtor de Pabllo resolveu abrir o verbo e contou o outro lado da história em entrevista a VEJA.
Segundo ele, há “provas documentais, testemunhais e mensagens trocadas com o próprio Rico” que confirmam a composição da parte instrumental da música "Todo Dia" por parte dele e do produtor Arthur Gomes, conhecido como Maffalda.

“O Rico chegou com o refrão de Todo Dia e nosso trabalho foi o de criar a música inteira, com estrutura, versos e bases para o instrumental da faixa”, defende Gorky. “Eu e o Maffalda somos co-autores." afirmou a VEJA.

Segundo Gorky, houve um acordo entre os autores da música (ele, Athur e Rico), onde o rapper iria abrir mão de receber como co-interprete do single, mas seria nomeado como único autor da música, ganhando inclusive mais. “Segundo nosso advogado, ele não recebeu nada porque não tomou as providências de registrar e editar a música para poder receber das plataformas autorais, valores que sempre estiveram à disposição dele”, explicou.

“O Rico tem também direito de receber tanto com autor quanto como intérprete os direitos de execução pública que são aquele pagos via Ecad, basta estar associado a alguma sociedade como a UBC ou a Abramus”, continuou. “Com o acordo que propusemos, com certeza ele ganharia mais, ele que não quer reconhecer a nossa autoria e recombinar o todo, estamos dispostos a revisar os direitos dele como intérprete, nunca negamos isso, mas ele só quer rever o que o beneficia e se nega a reconhecer nossa autoria na criação da música.”

Segundo o produtor, a ação judicial movida por Rico não é apenas por causa dos direitos autorais: “Existe uma mágoa grande do Rico em torno da Pabllo. Ele sente que fomos ingratos com ele”, especula Gorky. “Por mais que ele tente contornar, falando que ama a Pabllo, infelizmente suas entrevistas e discursos em shows dizem o contrário.” 

Sobre Pabllo Vittar, Gorky afirmou que ela recebeu os valores como intérprete pagos corretamente, mas ressaltar, por orientação do adovago. Ele finalizou a entrevista afirmando que Pabllo não irá se pronunciar sobre o caso.