Header Ads

42 homens foram presos na Nigéria por serem gays



No final de julho, 42 homens foram presos na Nigéria acusados de praticarem "atos homossexuais". No país africano a homossexualidade é considerada ilegal e pode ser punida com prisão, as demonstrações públicas de afeto entre pessoas do mesmo sexo também são passíveis de punição.

As informações são de que essas vítimas do governo homofóbico nigeriano, serão levadas ao tribunal e se condenadas poderão passar até 14 anos detidos. Em 2013 a Câmara dos Deputados proibiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo no país, além de vetar a criação de entidades de direitos humanos, governamentais ou não em defesa dos LGBT's na Nigéria.

Governos e leis homofóbicas não são uma realidade apenas em países do continente africano, Indonésia, Chechênia -  país pertencente à República Federativa da Rússia - e cidades dominadas pelos Estados Islâmico já foram notícia em todo o mundo devido suas punições contra gays.