Header Ads

Muçulmanos são mais tolerantes a homossexualidade do que evangélicos, diz pesquisa

Transexual Viviany Beleboni em protesto na Parada LGBT de 2015, contra a LGBTfobia


De acordo com um estudo recente, 52% dos muçulmanos nos Estados Unidos acreditam que "a homossexualidade deve ser aceita pela sociedade". Os dados foram divulgados pelo site "Pew Research Center" e correspondem ao ano de 2017, em 2011 o índice foi de 29%  e de 27% em 2007.

Os dados apontam ainda que os islâmicos são mais tolerantes que os evangélicos, onde o índice de aceitação a homossexualidade é de apenas 34%. Apesar de baixo, o índice entre esses cristãos também aumentou no decorrer dos anos, indo de 23% em 2006 para 29% em 2011.

Entre as religiões que mais acreditam na aceitação da homossexualidade pela sociedade os protestantes estão em segundo lugar com 76%, seguido pelos católicos com 66%.