Header Ads

Uma história de amor: após 10 anos, casal gay finalmente sobe ao altar



Não acredita em amor? Pois é melhor nem continuar lendo essa post.
Essa é mais uma daquelas histórias fofas que fazem a gente ter esperança em uma relação linda, monogâmica e duradoura no meio gay. Confesso, o fato de ser um casal de negros deixou tudo ainda mais representativo. Vem comigo!

Adrian Homer e Harrison Guy se conheceram há dez anos quando Adrien se comprometeu a se juntar a "Delta Phi Upsilon", uma fraternidade para homens gay e negros, na Prairie View A&M University, perto de Houston, no Texas.

"Eu queria me juntar a uma organização onde eu pudesse estar confortável com minha sexualidade real", diz Adrian. "Quando comecei a dar uma volta na organização e comecei a ver os membros da organização, vi que esses homossexuais são bem-sucedidos e estão fazendo coisas na comunidade".

Harrison foi designado para ser o mentor de Adrian durante o processo de promulgação. Adrian tinha 22 anos e Harrison tinha 29 anos. Nenhum dos dois esperava que a amizade na fraternidade levaria ao namoro, e muito menos ao casamento.

Tudo começou quando uma troca de mensagens entre os dois rapidamente se transformou em algo mais. Adrian admite que há alguns membros da sua fraternidade que acreditam que apesar de ser uma fraternidade gay, os membros não devem se envolver. "Eu não compartilho dessa idéia", diz ele. "Eu estou no outro extremo do espectro, onde eu acredito que este é um grupo dos melhores homens disponíveis, então por que não? "

No início deste ano, depois de dez anos juntos, Adrian e Harrison finalmente trocaram votos na presença de 275 amigos e membros da família. O casamento incluiu um total de 19 padrinhos e madrinas, e uma extravagante "coroação de amor" que envolveu cada um dos noivos coroando um ao outro.

Um dos momentos mais emocionantes da cerimonia foi quando os dois fizeram uma homenagem a sua amiga Chyna Gibson, uma mulher trans que morreu em Nova Orleans no início deste ano. "Ela estava tão entusiasmada por estar no casamento, então tivemos que incorporá-la na cerimônia", diz Harrison. "Nós abrimos fazendo uma homenagem a ela e deitando uma rosa no altar".