Header Ads

Conheça TQILA, uma milícia de LGBT's que luta contra os terroristas do EI

"Esses viados matam fascistas", diz a faixa erguida pelo TQUILA, milícia armada de LGBT'S que lutam contra o Estado Islâmico.


Os membros que usam lanços rosa e azul no rosto, empunharam uma bandeira LGBT na localidade de Raqqa, cidade da Síria, esta semana, e exibiram sua marca, uma AK-47 em um fundo rosa. O grupo intitulado TQILA – The Queer Insurrection and Liberation Army (algo como exército gay da insurreição e libertação) luta contra o Estado Islâmico que domina  a região.

TQUILA é o primeiro grupo de LGBT's a lutar contra os terroristas do Estados Islâmico. "As imagens de homens gays que foram jogados dos telhados e apedrejadas até a morte era algo que não podíamos observar", afirmou o líder do grupo. "Buscamos esmagar o binômio de gênero e promover a revolução das mulheres, bem como a maior revolução sexual e de gênero". concluiu.

A milícia é uma das muitas que lutam ao lado das forças curdas para conquistar Raqqa, a base da Estado Islâmico do Iraque e da Síria. O grupo afirma fazer parte da Força de Guerrilha do Revolucionário Internacional (IRPGF), uma coalizão de combatentes estrangeiros. Heval Rojhilat, porta-voz do IRPGF, afirmou em entrevista: "Muitos de nossos camaradas estão dentro da comunidade LGBT.

Orgulho gay ... O Exército de Insurreição e Libertação Queer (TQILA) exibe uma bandeira em Raqqa na Síria