Membro do Vaticano, padre sugere que alguns santos podem ser gays

Padre James Martin, consultor de relações públicas do Vaticano


Como argumentar com a sua tia católica e homofóbica que insiste em pegar no seu pé dizendo que gay estão condenados ao inferno?! O padre James Martin, consultor de relações públicas do Vaticano acaba de te ajudar nesse embate típico de família. Ele provocou uma polêmica na internet ao responder um comentário no Facebook e sugerir que  "alguns santos podiam ser gays".

A postagem data de maio de 2017 e essa foi a resposta do religioso: "Alguns podiam ser gays. Com certeza uma porcentagem da humanidade é gay, então o mesmo deve ocorrer entre os santos. Vocês ficarão surpresos ao chegar aos céus sendo recebidos por homens e mulheres LGBT." 😇

O babado incomodou outros sacerdotes, o padre Matt Bozovk, por exemplo,  foi Twitter xingar muito tomar nota do assunto, ele declarou que não acredita que as declarações tenham partido de um padre católico. "Isso é uma piada, certo? Alguém me diz que essa frase não vem de um padre católico!", disse. James Martin respondeu: "Não, sou um padre católico sim e acredito que devemos ficar ao lado dos marginalizados. Aqui precisamos de caridade, padre."

Muitos comentários de seguidores foram favoráveis a postura de James Martin, outros mais conservadores ficaram do lado do padre Bozovk. Essa não é a primeira vez que o tema "homossexualidade" envolve algum santo da igreja católica, alguns historiadores apontam que São Sebastião, mártir e santo católico, poderia ter sido gay, o mesmo ocorre com  São Sérgio e São Baco, que supostamente eram um casal gay.