Jornal denuncia novas execuções de gays na Chechênia

JOHN MACDOUGALL VIA GETTY IMAGES


Na segunda-feira, 22, o jornal russo "Novaya Gazeta" denunciou novos assassinatos de homens gays na Chechênia. Em abril a mesma publicação já havia apontado a perseguição e execução de homossexuais no país, no começo dessa semana novas mortes voltaram a acontecer, pelo mesmo motivo.

A publicação aponta mais detalhes sobre o caso, a notícia diz que um dos mortos é um militar, integrante da Guarda Nacional russa, e o outro é um morador da cidade de Izhevsk, que passou um tempo em uma das prisões secretas da Chechênia, mas foi assassinado após sua libertação, quando já tinha conseguido fugir da república russa do Cáucaso. 

Em abril o "Novaya Gazeta" noticiou a existência de campos de concentração onde homens supostamente gays eram mantidos em cativeiro e em seguida mortos. A notícia chocou o mundo, e após a repercussão, Ramzan Kayrov presidente do país, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, se manifestaram negando os fatos. Vale informar que a Chechênia é uma república da Federação Russa.
Jornal denuncia novas execuções de gays na Chechênia Jornal denuncia novas execuções de gays na Chechênia Reviewed by Blog Para Mocinhos on 13:37 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.