Morte de jovem revela insegurança nos arredores do Dragão do Mar

Kildare Martins Rufino, 23 anos, não resistiu aos golpes de faca e faleceu no domingo, 9 de abril.


Na internet e redes sociais a comoção foi grande, timeline repleta de mensagens de pesar, dor e tristeza pela morte do jovem Kildare Martins Rufino, 23 anos, assassinado no último sábado, 8 de abril. O crime aconteceu na Avenida Historiador Raimundo Girão, nas proximidades do Centro Dragão do Mar, coração da noite de Fortaleza.

Nem mesmo o fluxo intenso de pessoas por volta das 23h30 do sábado, as casas noturnas e boates, barracas de lanches, carros ou táxis, nada foi suficiente para livrar o jovem da morte. Kildare reagiu aos dois assaltantes que brandavam "passa o celular"; esfaqueado no estômago ele perdeu a vida. A polícia não estava lá, deve ter aparecido após a execução do crime, faltou a segurança, sobrou o medo e o terror.

Levado ao médico ele não resistiu, morreu no dia seguinte e cerca de 48 horas após o crime ninguém foi preso. 

LUGAR DE "CULTURA", DIVERSÃO E MEDO

O entorno do Dragão do Mar é cercado por no mínimo 5 boates, sem contar os bares, restaurantes e o próprio Centro Cultural, eixo da arte, cultura e boemia da capital cearense, talvez aquele seja o metro ² na capital que mais transborda cores, risos e agora medo.

Não é novidade, crime e violência são rotina num dos pontos turísticos e no cenário noturno mais conhecido de Fortaleza. Se há policiamento, lamento informar, mas não é o suficiente. Lembro da comoção dos empresário na tentativa de retirar os ambulantes do local, isso em fevereiro desse ano. Acredito que seja hora de usar a mesma força para cobrar e garantir a segurança. O medo tira mais clientes que a concorrência.



Preocupa a vista grossa do estado, prefeitura e iniciativa privada que lucra com o borbulhar de pessoas nas noites de sexta e sábado. No sábado o Kildere morreu, mas poderia ser eu, que coincidentemente estive naquele entorno, no mesmo dia e horário, ou talvez algum amigo, ou você.

Que o Kildare descanse em paz, que a justiça seja feita e que os risos, encontro de amigos, e a noite de Fortaleza não morra por conta da violência.
Morte de jovem revela insegurança nos arredores do Dragão do Mar Morte de jovem revela insegurança nos arredores do Dragão do Mar Reviewed by Blog Para Mocinhos on 22:16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.