Vem conhecer o "motorista gato do Uber"



O print do tal "motorista gato do Uber" logo começou a ser compartilhado no Twitter e não demorou muito para descobrirem a identidade do moço. Guilherme Bernardes, 25 anos foi encontrado depois de uma campanha feita por um usuário do microblog, para identificar o moço.

Morador de Águas Claras, em Brasília, Guilherme trabalha como Uber a pouco mais de um ano, o ofício é apenas um complemento para a renda. O jovem trabalha "oficialmente" no Centro de Controle e Prevenção de Doenças do Ministério da Saúde, ele viaja para Curitiba, onde visita bares e boates para convencer jovens sobre a importância da prevenção dos testes de HIV.

Sobre o assédio dos passageiros, ele afirma que tanto homens quanto mulheres já deixaram recados ou cantadas: "Já recebi convites para um café, números de telefone. As mulheres são bem mais ousadas", afirma.  Mesmo com tantas pretendentes, Guilherme deixa claro que nunca se relacionou com nenhuma passageira.