Por conta de personagem gay, cinema cancela exibição de "A Bela e a Fera"

LeFou (Josh Gad) será o personagem gay de "A Bela e Fera"

Já parou para pensar como um gay pode incomodar tanto? Se você ainda não tem a dimensão certa disso, nós vamos te mostrar agora. Vejamos o caso do filme "A Bela e a Fera" que segundo seu diretor, terá um personagem gay. Isso foi motivo suficiente para os donos do cinema Henagar Drive-In, no Alabama cancelarem nesta sexta-feira (03/03) a exibição do longa que estreia no próximo dia 17, nos Estados Unidos.

Em nota publicada nas redes sociais, os novos donos do estabelecimento justificaram que “se não pudermos levar nossa neta de 11 anos e nosso neto de 8 para assistir a um filme, não temos interesse em vê-lo. Se não pudermos assistir a um filme com Deus ou Jesus sentados ao nosso lado, não temos interesse em exibi-lo”.



No texto, eles admitiram a polêmica que isso poderia causar: “Eu sei que algumas pessoas não vão concordar com essa decisão. Tudo bem… Nós continuaremos exibindo filmes familiares, então sinta-se à vontade para assistir a vários deles sem se preocupar com cenas de sexo, nudez, homossexualidade e linguagem chula”.

A notícia de que um personagem gay iria fazer parte da trama da Disney foi dada pelo diretor do filme, Bill Condon, durante entrevista para a revista “Attitude”. Segundo ele, Gastón, interpretado por Luke Evans, terá um admirador, seu criado LeFou (Josh Gad), vivendo um momento de descoberta da sexualidade.