Header Ads

'Eu nunca vou ser silenciado', afirma cowboy gay ameaçado de morte



Josh Goyne, um cowboy australiano de 18 anos foi destaque no site americano "Outsports" após ter sido ameaçado por homofóbicos em um fórum online. "Hoje me perguntaram se eu achava bom que os gays morressem de AIDS, e então o cara disse que queria que fosse 1850 para que ele pudesse me matar por ser um maricas", disse ele em um vídeo postado no Facebook no mês passado.

"Eles pensam que vão me silenciar, mas não há nenhuma chance. Eles acham que vão me impedir de andar no rodeio desta semana, não há uma chance no inferno. Eu orgulhosamente me levanto a qualquer homofóbico e direi diretamente ao seu rosto, que eu sou um vaqueiro orgulhosamente gay. "



"O vaqueiro gay nunca será silenciado. Eu sempre serei um cowboy abertamente gay. Darei uma voz alegre aos que têm medo de falar, afirmou Goyne.

Goyne disse ao news.com.au que a resposta ao seu vídeo foi quase inteiramente positiva e que "até tinha cowboys heteros dizendo que vão me ajudar no rodeio e ficar comigo se eu tiver qualquer problema." afirmou.