Efeito Dandara: Delegacias da mulher agora atenderão transexuais no Ceará

O decreto assinado por Camilo Santana, permite ainda que transexuais sejam reconhecidas pelo nome social ao usar os serviços do governo


Na sexta-feira, 10 de março, o governador do Estado do Ceará, Camilo Santana (PT), assinou um decreto que permite que travestis e transexuais usem o nome social ao utilizarem serviços públicos prestados pelo governo do estado. As 10 delegacias da mulher espalhadas pelo Ceará, agora também atenderão transexuais e travestis, como afirma o decreto. 

As conquistas continuam, Camilo decretou a inclusão de representantes do movimento LGBT nos Conselhos Comunitários de Defesa Social (CCDS), vinculados à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

“Não tenho dúvida que terá o reconhecimento para garantir segurança a mais pessoas e que não ocorra novamente casos como da Dandara (travesti espancada e morta). Infelizmente não podemos trazer a vida dela de volta, mas podemos criar novos mecanismos de defesa", disse o governador ao G1.

A medida política veio algumas semanas após a prisão dos responsáveis pela tortura e morte da transexual Dandara. O caso chocou o país depois que um vídeo da tortura foi publicado na internet. As imagens fortes mostram Dandara senso agredida a chutes, socos e pauladas por cerca de 5 homens. 

No Brasil ainda não existe uma lei federal que puna os crimes de homofobia, transfobia ou lesbofobia como crimes de ódio, ou que garanta a nível nacional o atendimento de transexuais na delegacia da mulher. Infelizmente os projetos de lei do tipo estão barrados ou engavetados em Brasília. 
Efeito Dandara: Delegacias da mulher agora atenderão transexuais no Ceará Efeito Dandara: Delegacias da mulher agora atenderão transexuais no Ceará Reviewed by Blog Para Mocinhos on 16:48 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.