Header Ads

Disney estaria usando demônios para transformar crianças em gays, afirma político



O ex-congressista americano do estado de Colorado, Gordon Klingenschmitt, afirmou durante seu talk show "Pray In Jesus Name" que demônios teriam ajudado o diretor de "A Bela e a Fera" a produzir o filme. Segundo ele, a intenção seria transformar as crianças em gays.

O político pediu um boicote ao filme:

"Eu recomendo que os pais cristãos evitem ter seus filhos recrutados na agenda homossexual. Por trás dos atores humanos, a Disney Corporation e seus proprietários estão promovendo intencionalmente o pecado às crianças. Quando discernimos através da lente moral da interação humana com os espíritos demoníacos, o orgulho é um espírito demoníaco. A imortalidade sexual é demoníaca, mas e quanto ao orgulho? Homossexuais orgulhosamente marchando nas ruas ... orgulho é o pecado da arrogância, pensando que você é mais esperto do que Deus, seu criador. Se Deus te fez homem e mulher, mas você quer ser confundido e celebrar o pecado de ser sexualmente imoral, há um espírito demoníaco por trás disso", afirmou o político republicano.

Essa não é a primeira polêmica que a Disney tem enfrentado desde que o diretor do longa, afirmou que há um personagem gay na trama. Alguns cinemas dos Estados Unidos vetaram a exibição do longa.