Header Ads

Polícia prende assassinos da transexual Dandara dos Santos

Quatro adolescente suspeitos de envolvimento na tortura e morte de Dandara seguem internados, os adultos ainda estão foragidos


O Tribunal da Justiça do Ceará informou que quatro adolescentes suspeitos de envolvimento na tortuna, espancamento e morte da transexual Dandara, estão internados em centros socioeducativos de Fortaleza. O órgão informou que a internação provisória deve durar 45 dias, já os adultos envolvidos no caso seguem foragidos.

Os pedidos de prisão dos adultos suspeitos do caso demoraram mais de 10 dias para serem apreciados pela Justiça, segundo informações do jornal O POVO. A polícia continua a procura dos demais envolvidos. Informações não oficiais apontam que eles seguem escondidos no bairro Bom Jardim, onde o crime foi realizado.

O caso está sendo caracterizado como transfobia, já a polícia civil está levando em conta outras linhas como motivação do crime.



MANIFESTAÇÃO #SOMOSTODOSDANDARA

Um ato público está sendo organizado para a sexta-feira, 10 de março, às 9h com concentração na Praça Luíza Távora em Fortaleza.

O Grupo de Resistência Asa Branca - GRAB, junto ao Fórum Cearense LGBT com apoio do Conselho Municipal LGBT, vem a público chamar a sociedade civil a se fazer presente no ato Contra a Barbárie Transfobica, a ser realizado dia 10/03 às 9h em frente ao Palácio da Abolição. Na ocasião vamos exigir do Estado não somente falas, mas respostas efetivas para o combate à LGBTfobia no Ceará. Ressaltamos a importância da participação de todxs, bem como, no processo de mobilização do maior número de participantes possível. Abraços a todxs e JUSTIÇA À DANDARA!!!