Aos 95 anos bisavô assume para a família que é gay

“Há certas coisas que eu quero que o mundo saiba”, revelou Roman Blank ao youtuber Davey Wavey


De todos os prazeres da vida, um dos melhores é poder ser quem você realmente é, certo?! Durante quase 100 anos, Roman Blank não soube o que é isso, tendo que viver uma vida que em nada condizia com seus desejos. Casado por 60 anos, sobrevivente do holocausto, pai de dois filhos, com cinco netos e um bisneto, ele saiu do armário no ano passado, com 95 anos, e contou para a família que é gay.

“Há certas coisas que eu quero que o mundo saiba”, revelou Blank ao youtuber Davey Wavey, do canal “wickydkewl”. Na entrevista, Blank diz que sabia que é gay desde os 5 anos e que se sente orgulhoso da sua decisão de "sair do armário".

Perguntando sobre o tipo de homem que lhe atrai, Black confessou que  aparências não importam, mas sim o coração: “Gostaria de alguém com quem pudesse contar. Vou ser bastante honesto. Eu realmente não preciso de qualquer conexão física ou mental. Mas eu quero. Eu quero ir dormir e ter alguém ao meu lado, não por qualquer outra razão além da certeza de que alguém se importa”, afirmou [que fofo 😍].

A vida de Roman Blank deve virar um documentário, intitulado “On My Way Out”, a obra é criação de um dos netos, Brando Gross, ficou orgulhoso de seu avô e decidiu registrar a história.