Vítima de bullying na academia ele foi malhar de collant e calou os haters

Leonardo resolveu se vingar dos machões da academia que zombavam dele, indo malhar com um look extravagante


O designer Leonardo Constâncio, 27 anos, foi surpreendido ao saber que imagens dele na aula de dança circulavam em grupos do whatsapp da academia. As fotos, mostradas a ele por uma miga, vinham acompanhadas de comentários maldosos e machistas feitos pelos alunos da musculação.

Entre se amedrontar ou assumir com orgulho sua expressão, Leonardo optou pela segunda opção, e resolveu se "vingar" vestindo um collant pink com babados, legging escura e tênis. Ele foi à academia usando o novo look e malhou "normalmente" ao lado dos "machões" que antes zombavam dele. Apesar dos olhares, ninguém falou nada: "eles ficaram chocados", conta.



Leonardo postou o acontecido no Facebook. “Hoje resolvi vir um pouco mais arrumado, all the eyes on me in the center of the ring just like a circus...”, escreveu em seu perfil, o posto atingiu mais de 26 mil curtidas. Leonardo explicou também o que o motivou a essa decisão: 

"Achei isso errado de tantas formas (falta de respeito, empatia, micro agressões, machismo, patriarcado, bullying, homofobia...) que [na hora] não tive o que falar, apenas sentir. [...] "E para aqueles que queriam me intimidar, vocês pensaram mesmo que eu não ia rebolar minha bunda hoje, né?". Arrasou.