"Hater", o app de encontros que vai unir pessoas que odeiam algo em comum

"Hater" vai conectar pessoas que odeiam coisas em comum


Cansou do Grindr, Scruff, Tinder, Happn, Badoo e mais outro qualquer aplicativo de encontro que tenha sido lançado no mercado? Segura a onda que tem coisa nova chegando por aí. O aplicativo de encontros "Hater" será lançado no próximo dia 08 de fevereiro e vamos te explicar como ele funciona.

Hater  pretende conectar pessoas solteiras tendo por base as coisas em comum que eles odeiam. Por exemplo, se você não gosta de longas caminhadas na praia, jantares à luz de velas, massagens para casais, ou filmes no sofá numa manhã fria de sábado, o "Hater" vai encontrar pessoas que também detestam essas coisas.

Os usuários serão solicitados a deslizar em quatro direções diferentes para selecionar se eles amam, odeiam, gostam ou não gostam de uma determinada pessoa, atividade, cidade, comportamento, ideia e etc. Atualmente o app tem 2.500 tópicos diferentes, mas com o tempo o número deve aumentar. Quando o usuário não estiver escolhendo manualmente todas as coisas que ele odeia / gosta / não gosta, ele pode passar por outros perfis da mesma maneira que faz com Grindr e SCRUFF.

"Namoro on-line tornou-se algo tão monótona," afirma o CEO Brendan Alper o site Huffington Post . "Todo mundo só faz as manobras. Deslizar, deslizar, deslizar, combine. Linha enlatada. Data errada. Repetir. Queremos que o namoro on-line seja divertido . Assim como na vida real.", finaliza.

Para quem ficou curioso para saber como funciona, até o final dessa semana o app deve estrá liberado nas lojas de aplicativos, daí vocês baixam e me falam se é legal [não vou baixar porque afinal de contas sou o blogueiro comprometido e praticamente casado].