Estádio do Orlando City faz homenagem as vítimas de atentado em boate LGBT

Funcionários do Downtown Stadium, novo estádio do Orlando City

Via: GAY1

O Orlando City, clube defendido pelo brasileiro Kaká nos EUA, revelou nesta quinta-feira uma homenagem em seu novo estádio às vítimas do atentado na boate LGBT Pulse, ocorrido em 12 de junho. O ataque terrorista, que teve conotação homofóbica e cuja autoria foi assumida pelo Estado Islâmico, deixou 49 mortos e dezenas de feridos.

A equipe de Orlando, cidade onde ocorreu o atentado, divulgou imagens de um setor da arquibancada do Downtown Stadium com 49 cadeiras pintadas nas cores da bandeira do arco-íris, símbolo do movimento LGBT.

Os ingressos para os assentos pintados nas cores da bandeira LGBT serão comercializados normalmente para os torcedores, como o restante das cadeiras do estádio. O Downtown Stadium fica a cerca de 10 minutos de carro da boate Pulse, local do atentado.

De acordo com o clube, o local escolhido para a homenagem é o setor 12 do Downtown Stadium, em referência à data do atentado na boate Pulse. O estádio recém-construído pelo Orlando City entra em funcionamento em 2017, com capacidade para cerca de 25 mil pessoas.

A estreia do Orlando City em sua nova casa pela MLS, a primeira divisão do futebol dos EUA, acontecerá em 5 de março, quando tem início a temporada de 2017, em partida contra o New York City F.C.