Preso o segundo suspeito de matar vendedor ambulante no metrô de São Paulo

Alípio Rogério Belo dos Santos, de 26 anos, foi levado à  Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom) no Terminal Barra Funda / Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo


Alípio Rogério dos Santos, o segundo suspeito de matar o vendedor ambulante Luis Carlos Ruas, foi preso da tarde dessa quarta-feira, 28. Alípio foi encontrando em um prédio na Cohab em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo. 

Segundo a polícia, uma denúncia anônima por e-mail ajudou a encontrá-lo. O delegado Rogério Marques, que participou da prisão de Alípio, afirmou que quando o acusado foi encontrado, ele estava saindo com o advogado, provavelmente para se entregar.

"Ele disse estar arrependido apenas, disse que foi um mal entendido, que foi uma agressão boba, que estava bêbado", afirmou o delegado.


Ricardo Nascimento confessou ao ser preso que estava embriagado e que merecia pagar pelo crime. Já o advogado Marcolino Nunes Pinho, alega que eles mataram a vítima depois de quase serem assaltados e levarem uma garrafada.