Pai é esfaqueado após defender filho gay de ataque homofóbico em Rondônia

O pai do jovem entrou na frente para defender o filho e sofreu um corte no abdômen. O agressor tentou ainda esfaquear novamente a vítima, até o adolescente intervir e atingir o agressor com uma garrafa.


Um homem de 35 anos foi esfaqueado após defender o filho de 16 anos, de um ataque homofóbico em um bar no bairro Jardim Novo Estado, em Ouro Preto do Oeste (RO). O crime aconteceu no último final de semana do dia 17.

Segundo a PM, o jovem de 16 anos estava num bar com uma amiga, quando  o agressor de 48 anos começou uma série de insulto homofóbicos. Logo em seguida o agressor empurrou o pai da vítima, que pedia para o jovem sair do local.

Nesse momento começou uma discussão, foi quando o agressor tentou esfaquear o adolescente com um canivete, o pai do jovem entrou na frente para defender o filho e sofreu um corte no abdômen. O agressor tentou ainda esfaquear novamente a vítima, até o adolescente intervir e atingir o agressor com uma garrafa.

Tanto o pai do adolescente quanto o acusado, foram levados para o Hospital Municipal de Ouro Preto do Oeste. Ferido no braço e na testa o agressor foi detido e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil pelos crimes de tentativa de homicídio e crime de homofobia.

O pai do jovem foi transferido para o Heuro de Cacoal (RO), o hospital não informou o estado do paciente.