Seis motivos para não perder nenhum dia do 10° For Rainbow

O 10° For Rainbow acontece de 10 a 17 de novembro no Centro Cultural Dragão do Mar


Olá homossexuais!
Na próxima quinta-feira, 10, começa mais uma edição do "For Rainbow - Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual", com muito filme LGBT, muito beijo de homem com homem, mulher com mulher, muita representatividade e aqueles babados que a gente gosta.

Hoje resolvi listar seis motivos para você, little gay de Fortaleza, ou bilú turista que está de passagem por aqui, não perder nenhum dia do festival de cinema. O 10° For Rainbow acontece no Centro de Arte e Cultura Dragão do Mar ~ que já é quase uma segunda casa dos gays e dos amantes da boa arte ~ e vai até o dia 17 de novembro.

Os seis motivos, nada mais são, do que os seis longa-metragens que estão concorrendo esse ano. Separei a sinopse e trailer de cada um deles e pode acreditar: tem um pouquinho de tudo. Pega o bojo e vem com a gente:


REAL BOY

Um retrato aprofundado sobre Bennett Wallace, um jovem músico transexual que busca a aceitação de sua família - que ainda tem dúvidas quanto à transição do jovem. Além disso, esta é uma análise sobre o esforço da mãe de Bennett e sobre os sonhos de Wallace em se tornar um músico de sucesso enquanto segue os passos de seus ídolos.



ESTEROS

Matias e Jeronimo são dois grandes amigos que cresceram juntos em Paso de Los Libres, uma região simples e folclórica na Argentina. Durante sua adolescência, surgiu uma inesperada atração sexual entre os dois, que viveram os sentimentos com curiosidade. Mas a vida acabou separando seus destinos. Após anos afastados, eles lidam de maneiras totalmente distintas com as lembranças do passado. Mas, quando os dois se reencontram, o sentimento renascerá e se confrontará com todos os tipos de conflitos morais.



WAITING FOR B

O que você faria para ver de perto o seu ídolo? Em 2013, dezenas de pessoas se reuniram em São Paulo para ver Beyoncé. Os fãs chegaram a acamparam em frente ao estádio Morumbi durante dois meses, fizeram rodízios para guardar lugares e enfrentaram sol e chuva para ver a cantora.



ANTES O TEMPO NÃO ACABAVA

Anderson é um jovem rapaz que possui raízes na etnia indígena saterê. Quando ele se muda para Manaus e vai morar na cidade grande, ele começa a se ver preso entre os embates culturais das tradições do mundo de onde veio e cresceu e os costumes urbanos e o complexo e conturbado cotidiano da metrópole.



WOMEN WHO KILL

Morgan em Jean são ex-namoradas que trabalham muito bem juntas, mas não se entendem quando o assunto é relacionamento. Separadas, eles vão se unir novamente, mas para investigar a misteriosa Simone, nova namorada de Morgan, sob a qual elas mantém grandes suspeitas.



A CIDADE DO FUTURO
Nos anos 70, cerca de 73 mil pessoas foram deslocadas de uma região do norte da Bahia para dar lugar à construção da Hidrelétrica de Sobradinho, durante o regime militar. Quatro cidades e dezenas de vilarejos foram completamente submersos e forçaram uma das maiores migrações compulsórias desde a Segunda Guerra Mundial. Em 2015, quatro atores revisitam as suas próprias histórias através de encenações.



Já assistiu tudo? Conheceu um pouco de cada um e tá ansioso para assistir? Pois aproveita e cata a programação completa com o horários e dias de exibição de cada filme. Mais informações no site do For Rainbow.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA




10 de novembro | Quinta-feira

19h – Cinema do Dragão

Abertura do 10º For Rainbow

Homenagem a Elke Maravilha

Mostra Competitiva Internacional de Longa-Metragem

O Garoto Real, (Real Boy / EUA, 2016), de Shaleece Haas
22h – Dragão do Mar

Show da banda Veronica Decide Morrer



11 de novembro | Sexta-feira

16h – Exibição especial

E Tu, Tens Medo de Mim?, de Renata Monte e Juliano de Medeiros

Cura?, de Moisés Loureiro e André Nódoa

Tarde de autógrafos com Silvero Pereira e As Travestidas

18h – Multigaleria

Abertura da exposição Elke Maravilha

19h – Cinema do Dragão – Fundação Joaquim Nabuco – SALAS 1 e 2

Homenagem a Adélia Sampaio

Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem

Não importa o que aconteça, eu te amo (No matter what happens, I love you / Polônia), de Justyna Mytnik

Antes da Encanteria (CE), de Jorge Polo, Lívia de Paiva, Elena Meirelles, Gabriela Pessoa e Paulo Victor Soares

O Gosto do Outro (The Taste Of The Other / França), de Jordan Fleury Kervella

Diva (SP), de Clara Bastos

Mostra Competitiva Internacional de Longa-Metragem

Esteros (Brasil/Argentina, 2016), de Papu Curotto

22h – Dragão do Mar – Área externa

Performance de Silvia Moura

DJ Famoso



12 de Novembro | Sábado

16h – Cinema do Dragão

Mostra Lilás

Quitéria,  de Sidney Souto e Márcio Câmara

Amor Maldito (Brasil, 1984), de Adélia Sampaio

19h – Cinema do Dragão

Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem

Mamãe, papai, preciso dizer algo (Mom, Dad, I Have To Tell You Something / Romênia), de Paul Muresan

Largados aos sentidos (Left to their senses / Luxemburgo), de Cecilia Guichart

Preliminares (RS), de Douglas S. Kote

Eva (França), de Florent Médina

Melancia Azeda (Floating Melon / China), de Roberto F. Canuto, Xiaoxi Xu

O menino princesa (Princessboy / Suiça), de Sosi Chamoun

Mostra Competitiva Internacional de Longa-Metragem

Antes o Tempo Não Acabava (Brasil, 2016), de Fábio Baldo e Sérgio Andrade

22h – Dragão do Mar

Homenagem a Elke Maravilha

Concurso Sósias de Elke



13 de Novembro | Domingo

16h – Cinema do Dragão

Exibição hours concours de Entre Os Homens de Bem (Brasil, 2016), de Carlos Juliano Barros e Caio Cavechini

Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem

Artur (CE), de Daniel Filipe

Vagabunda de Meia Tigela (DF), de Otávio Chamorro

Inexistentes (Iluusive / Espanha), de Manoel Gómez

Aquela Estrada (AM), de Rafael Ramos

Mostra Competitiva Internacional de Longa-Metragem

Waiting for B. (Brasil, 2015), de Paulo Cesar Toledo e Abigail Spindel

22h – Dragão do Mar

Beyoncé Cover

Show com Cris Malagueta e Macaúba do Bandolim



14 de Novembro | Segunda-feira

19h – Cinema do Dragão

Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem

Janaína Overdrive (CE), de Mozart Freire

Cinemão (CE), de Mozart Freire

Rupturas (ou André e Gabriel) (Ruptures – or André and Gabriel / França), de Francisco Bianchi

Rosinha (DF), de Gui Campos

A galinha Ryaba (Ryaba the Hen  / Russia), de Vasily Kiselev

Calmaria (MG), de William de Oliveira

Xavier (SP), de Ricky Mastro

Bebê X (Baby X / UK), de Brendan Bradley

22h – Dragão do Mar

Show de humor com Deydianne Piaf

Dance Hall com Coletivo Crewolos

DJ Dário de Oxum



15 de Novembro | Terça-feira

16h – Cinema do Dragão

Exibição Especial

Labelle, de Isabel Nobre

Mãe só há uma, de Anna Muylaert

17h – Auditório – Dragão do Mar

 Lançamento dos livros

Entre o pavor e o prazer: infância homoafetivo na literatura brasileira, de Benito Teixeira

Mel e Fel, de Antônio Teixeira Neto

19h – Cinema do Dragão

Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem

Ainda não lhe fiz uma canção (RN), de Henrique Arruda

Sailor (RN) de Victor Ciriaco

A vez de matar, a vez de morrer (MS), de Giovani Barros

Mostra Competitiva Internacional de Longa-Metragem

Mulheres que matam (Women who Kill / EUA, 2016), de Ingrid Jungermann


22h – Dragão do Mar

Show com The Crazy

DJ Marcos BDR



16 de Novembro | Quarta-feira

18h – Teatro do Dragão do Mar

HomOFFobia, de Alex Araújo

19h – Cinema do Dragão

Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem

Um companheiro de verdade (Buddy / Holanda), de Niels Bourgonje

A vida em branco (Bleach / UK), de Jesse Lewis-Reece

O Tiozão (Mr. Sugar Daddy / Suécia), de Dawid Ullgren

Mostra Competitiva Internacional de Longa-Metragem

A cidade do futuro (Brasil, 2016), de Cláudio Marques e Marília Hughes

22h – Dragão do Mar

Performance de Silvia Moura

Show da Dama do Cabaré – Verónica Valenttino e Macaúba do Bandolim



17 de Novembro | Quarta-feira

20h – Dragão do Mar

Cerimônia de Premiação e Entrega dos Troféus Elke Maravilha

Festa com DJ She Loves
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.