Orlando Cruz perde luta e não será o primeiro gay a conquistar cinturão mundial

Orlando Cruz foi o primeiro boxeador assumidamente gay da história a disputar um cinturão mundial

Todas as gays choram! 😭
Não foi dessa vez que o pugilista porto-riquenho, Orlando Cruz, levou o cinturão mundial de boxe e se tornou o primeiro boxeador assumidamente gay a ganhar o título. No último sábado, 26, ele disputou em Cardiff, no País de Gales, o título do peso-leve do Conselho Mundial de Boxe (CMB).

Depois de oito rounds, Cruz foi nocauteado pelo britânico Tony Flanagan, atual detentor do título. A derrota gerou algumas ofensas homofóbicas na web. Frankie Gavin, pugilista britânico, foi às redes sociais para destilar sua homofobia sobre o resultado.

"Não tenho nada contra pessoas gays, tenho amigos gays. Mas, se eu perdesse para um pugilista gay, seria alvo de piadas de amigos a minha vida inteira. Então Flanagan tinha de vencer".

Já Flanagan, adversário de Cruz foi só respeito com o atleta. Flanagan tem uma irmã é lésbica e isso nunca foi um problema para ele. “Orlando foi muito corajoso de sair do armário, mas não estou interessado na sua sexualidade ou na sua vida pessoal”, disse. “Eu só estou interessado nele como boxeador”. afirmou.

Orlando Cruz e Tony Flanagam se abraçaram após o fim da luta

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.