Homofobia em Fortaleza: "Não queremos sapatão nem gays no nosso estabelecimento"



Mais um episódio chato de preconceito envolvendo empresários da noite fortalezense. Dessa vez o fuá aconteceu na barraca de praia Hawaii na Praia do Futuro. Senta aí que a gente vai te contar tudo:

Convidada para substituir um amigo que iria cantar na barraca Hawaii, Micaela Gomes utilizou seu perfil no Facebook para contar o episódio de homo e lesbofoia que sofreu na última quinta-feira, 27. Segundo Micaela, ela recebeu uma ligação informando que ela não poderia mais tocar na casa, o motivo: sua sexualidade.

"Os donos disseram: ela não pode vir porque não queremos sapatão nem gays no nosso "estabelecimento''!!! Gente eu tô chocada!!!! E ainda disseram mais, que eu ia levar meus amigos gays pra lá e que isso eles não iriam permitir, que por eles não teriam gays na barraca deles!" publicou Micaela.

A publicação atingiu 100 compartilhamentos; até o momento a Barraca Hawaii não se pronunciou sobre o caso. Vale lembrar que esse ano, já noticiamos outros dois casos de preconceito envolvendo estabelecimentos de Fortaleza, um shopping no Benfica e um restaurante na Aldeota.


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.