Roteirista confirma: Mulher-Maravilha é lésbica

Com estreia marcada para 2017, o filme sobre a Mulher-Maravilha não deve tratar desse lado da sexualidade da heroína. Nas telonas a personagem é vivida por Gal Gadot


Olá queridos homossexuais!

Depois de centenas de mensagens e e-mails perguntando porque eu não atualizei o blog desde a semana passado, cheguei e já aviso que para o bem geral da nação: eu voltei [bem doida!]
Agora falando do que realmente importa, Greg Rucka (Detective Comics, Elektra, Justiceiro: Zona de Guerra) autor da nova HQ da Mulher-Maravilha , revelou durante entrevista ao Comicosity, algo que não é novidade para ninguém: a princesa Diana é lésbica.

Quando questionado se a princesa de Themyscira era uma personagem queer ele respondeu o seguinte: "Estamos falando que Diana já se apaixonou ou teve relacionamentos com outras mulheres? Como eu e Nicola temos escrito, a resposta é obviamente sim." afirmou Rucka.

O autor contextualizou, afirmando que o conceito de "gay" ou "lésbica" não existe em Themyscira, ilha onde Diana vive com sua mãe e as outras Amazonas. "É supostamente um paraíso. As pessoas supostamente devem viver felizes lá. Elas devem – no contexto onde as pessoas, para serem felizes, possuírem parceiros – ter um relacionamento completo, romântico e sexual. E as únicas habitantes são mulheres", concluiu. "Uma amazona não olha outra amazona e diz ‘você é gay‘. Elas não são. Esse conceito não existe," finalizou.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.