Quase 25% dos gays solteiros, não usam preservativos, afirma pesquisa

A pesquisa constatou ainda que o risco de ser contaminado é um dos atrativos para a prática do bareback (sexo sem camisinha)


Nos últimos três anos ví amigos, colegas e conhecidos, serem diagnosticados com o HIV, de alguma uma forma isso abriu minha mente para entender, estudar e quebrar vários preconceitos que tinha com os positivos,  ~ aliás, a ignorância é o principal combustível do preconceito ~ mas ainda hoje não é difícil ouvir falar de alguém que acabou se entregando e fazendo sexo sem camisinha.

De acordo com uma pesquisa feita no Reino Unido, muitos gays estão deixando de usar o preservativo, alguns adotaram o uso do  PrEP ~ remédios pré-exposição que impedem a infecção com o HIV ~ mas que não previne outros tipos de DST's. Cerca de 36% dos gays entrevistados, afirmaram que no último anos, todas as suas transas foram com proteção. Já 40% afirmaram que uma vez ou outra rolava sem o plástico ~ camisinha ~ e os outros quase 25% não usavam camisinha em suas relações.

Outro dado da pesquisa é que quase metade teve sexo com apenas um parceiro no último ano e um pouco menos do que isso está em um relacionamento monogâmico. Calma que tem mais informação, metade dos que não usam preservativo são HIV negativo, enquanto a outra metade que não usa camisinha prefere nem comentar sobre os riscos que corre. Alguns se defendem dizendo que já não existe tanto perigo, outros afirmam que o risco de ser contaminado faz parte da diversão. 

COISAS DE UMA MESA DE BAR

Outro dia conversando com uns colegas entre uma cerveja e outra, um conhecido da área de saúde e pesquisador do assunto relatou como é assustador a quantidade de gays jovens que são diagnosticados diariamente com HIV ~ algo que ele acompanha todo santo dia.

"A nossa geração viu Cazuza, Renato Russo, Freddie Mercury e outros famosos morrerem por causa do HIV. Isso assusta, dá medo e faz com que as pessoas se protejam. Esses jovem de agora não sabem o que é perder um ícone da música, ou um famoso por causa da doença. Eles acham que ela não existe, ou que eles jamais serão contaminados" confidenciou.

Depois de um longo gole, fui pra casa pensando nisso, me imaginando no corpo de alguém que só ouviu falar de HIV na escola, de forma distante, naquela palestra chata e que passa quase todos os dias sendo bombardeado por marketing e publicidade de apelo sexual e quando chega em casa vai assitir vídeo de bareback no XVIDEOS ou REDTUBE. Faz sentido!
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.