Viviany Beleboni é atacada por 5, agressores citavam trechos da bíblia

Viviane Beleboni de 27 anos, pretende deixar São Paulo durante um tempo: "Preciso viver sem ter sempre essa sombra de violência me seguindo a cada passo que dou." afirmou.


A trans, modelo e militante Viviany Beleboni, foi agredida na tarde de ontem, 11, por cinco homens na capital paulista. Os agressores citavam trechos da bíblia e a chamavam de 'demônio' enquanto agrediam Viviany que teve alguns dos dentes quebrados. O episódio foi interrompendo quando algumas pessoas que viram a cena começaram a gritar.

Essa é a segunda vez que Viviany é agredida depois de sua performance na Parada LGBT de São Paulo em 2015. A modelo trans surgiu crucificada em cima de um dos trios da parada. Na época a performance não agradou alguns religiosos.

"A todo momento falavam que eu era um demônio que essa raça tinha que morrer. Recitavam passagens da Bíblia ou que diziam alguma coisa relacionada a Bíblia. Falavam em Romanos e coisas como 'não te deitarás com um homem, como se fosse mulher' e muitas palavras que não entendia, como se fosse em outro idioma. Eles diziam também 'traveco vira homem', 'praga da humanidade'. Ofensas e Chutes. Quero esquecer", afirmou a modelo.

Em 2016 o ato parece ainda incomodar alguns cristãos, que apresar de acreditarem num deus que prega o amor e igualdade, mais uma vez reagiram com ódio, violência, intolerância e covardia.

Imagem da performance na parada de 2015

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.