Liberdade, Liberdade: André é condenado a forca após ser flagrado aos beijos com Tolentino

Gironda irá flagar André e Tolentino aos beijos, condenado por sodomia o  Fidalgo será levado a forca


Para quem estava feliz com todo o love e a tão comentada cena de sexo em "Liberdade, Liberdade", pode começar a se preocupar, o casal homo não deve ter um final feliz na trama. André será condenado a morte pelo crime de sodomia.

Enquanto André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) estão conversando no quarto do Coronel, ambos embriagados, esse por sua vez sugere ao moço esquecer o que aconteceu entre os dois e cada um seguir seu caminho. 

"Como consegue me pedir isso? Depois de tudo que aconteceu entre nós". A conversa entre eles continua até que  Gironda (Hanna Romanazzi) chega e observa a dupla escondida atrás da porta. Nesse momento a prostituta flagra um beijo dos dois.

"Aquele maricas efeminado vai ter o que merece! Maldito! Bichona", dirá perplexa. Gironda denunciará André, mas não a identidade de Tolentino será preservada, já que ela afirmará que não viu o rosto do parceiro.

Acusado de sodomia, André não negará a acusação, o que será considerado uma confissão e por isso ele será condenado à forca. Joaquina (Andréa Horta) será a única capaz tentar salvar o irmão. 
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.