Ivete Sangalo convida casal gay agredido para ver show de cima do palco, e promete protegê-los

O casal foi agredido por seguranças da casa onde Ivete Sangalo sem apresentou em São Paulo



A cantora Ivete Sangalo conversou, nesta quarta-feira (15) com Caio e Daniel, casal que foi agredido durante um show da cantora em São Paulo.

Durante entrevista ao programa SuperPop, Ivete, que classificou o fato como "algo deplorável", disse que está acompanhando de perto o caso, e que um inquérito policial foi aberto para investigar a agressão. Além disso, contou a cantora, a equipe de segurança do CTN (Centro de Tradições Nordestinas) foi trocada.

"Tudo que se possa fazer é uma maneira de a gente tentar amenizar, mas é tão difícil quando você não tem liberdade para ser o que você quiser, o que você é na sua vida. Isso é difícil, desumano", contou a cantora, fazendo menção também ao Massacre de Orlando.

De acordo com o depoimento do casal ao Agora, eles foram acusados de roubar uma blusa e depois agredidos pela equipe da casa.

"Ao mesmo tempo em que sou muito otimista com o mundo, pois se a gente não tiver otimismo, a gente cai na energia desse tipo de gente [os agressores], que se comporta dessa forma, eu fico triste e totalmente incrédula porque eu não entendo a energia de uma atitude dessas. Eu não entendo a energia da violência, seja ela qual for. E não entendo quando a energia da violência é direcionada a um grupo de pessoas, a uma tribo, enfim, eu acho isso de um mau gosto, de uma falta de respeito..."
A cantora também falou sobre homofobia e preconceito. "A pessoa não precisa vir com um crachá para ser respeitada", afirmou Ivete, dizendo ainda que abomina qualquer agressão. "As leis estão ai para ensinar primeiro", comentou, ressaltando a importância de que as agressões sejam denunciadas.

Ivete também convidou os dois para irem ao seu próximo show em São Paulo, marcado para o mês de julho. "Vamos fazer um negócio mais organizado. Eles vão ter que ficar no palco, tirar foto... Vão lá curtir comigo, e dessa vez protegidos por mim, que vou estar na frente".
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.