Felipe Titto vive personagem gay em curta: "Um amor igual a qualquer outro"

O ator global Felipe Titto fará par romântico com o personagem de Guilherme Acrizio


Via: Revista Quem

Felipe Titto teve um 1º de maio de muito trabalho. O ator desembarcou em Juatuba, interior de Minas Gerais, na manhã de domingo para rodar o clipe de Pra Sempre, do cantor Thiago Di Melo. A produção ganhou ares de curta-metragem, com direito a cenas nas cidades de Mateus Leme e Florestal e direção do próprio sertanejo, afilhado de Roberta Miranda.

No enredo, o ator,o Samurai de Malhação, interpretou Marcelo, um homossexual que sofre com a doença cardíaca do parceiro. Na história, ele vive um romance com o personagem de Guilherme Acrizio, que vive Juliano, um rapaz à espera de um coração na fila de transplante. Com esse roteiro, cenas dramáticas e românicas, claro, não faltaram.



"É meu primeiro personagem gay. Fiz um travesti no teatro faz uns oito meses, era a peça 0300 Para Salvar seu Casamento. Mas era uma comédia, algo mais caricato e cômico. Agora, esse personagem é trabalhado na linha do respeito. Mostrando que todo mundo tem que ter seu espaço de forma respeitosa. Aceitei o convite de cara pois gosto dessa história de quebrar paradigmas", disse em conversa com QUEM, que acompanhou as filmagens do curta com exclusividade

"É importante para o ator esse desafio. Se eu fosse gay, seria eu. Interpretar algo que é fora da sua realidade é o grande desafio. A profissão do ator é baseada em vencer, criar e trabalhar os desafios", completou.



Para construir o personagem, Titto ressaltou que se inspirou no amor que sente por sua família. "Me baseei nas coisas que vivi. O personagem é só gay, o que significa que gosta de uma pessoa do mesmo sexo. Somente isso. O carinho que sinto pela minha esposa (Mel Martinez) e filho (Theo), eu transmiti para o meu marido em cena. É um amor igual a qualquer outro. Do meu ponto de vista, é o mesmo", analisou.

Com diversas cenas de carinho no roteiro de gravações, Titto, no entanto, não protagonizou uma beijo gay. "Não teria problema em fazer uma cena de beijo. Faria 100%. Só não faria se fosse gratuito. Mas se estivesse inserido no contexto, faria sem problema algum", disse. Thiago, a grande mente criativa por trás de tudo explica que o curta quer mandar uma mensagem única: "O roteiro nada mais é do que uma história de amor".



O sertanejo, que neste ano completa 16 anos de carreira, trabalhou no projeto por dois meses. Para tal, teve o cuidado de se inspirar em conhecidos para roteirizar as cenas românticas. "Sou um artista que fala de amor. Criei essa história e pensei: 'porque não criar essa história com um casal homossexual?' É um casal cúmplice, com afinidades e que venceu na vida juntos. Tenho amigos gays e sou observador. Um dia, vendo dois amigos juntos pensei em contar uma história de amor. No curta, a gente fala de doação de órgãos, mas acima de tudo falamos de proteção e cuidado", completou.

Mais do que música, Thiago pensou em Pra Sempre como um exemplo para sua filha Larissa, de 11 anos. "Tudo que faço é pensando nela e em como ela vai ver as coisas. Acho que está faltando um artista que fale de amor na TV. Não quero ser um cantor da ostentação ou da pegação. Temos que ter mais bons exemplos e pessoas que não tenham medo de falar de amor", finalizou



Além do romance gay, o curta tem outra importante mensagem para o público: a conscientização sobre a importância da doação de órgãos. O Hospital do Coração, de Belo Horizonte, apoiou o projeto, que também terá depoimentos reais de transplantados. O clipe de Pra Sempre terá lançamento nacional na próxima semana e a renda obtida com o curta será toda revertida para o hospital.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.