Ator pornô, Brent Corrigan, diz que novo filme de James Franco está arruinando sua vida

Muso teen do pornô gay, Brent Corrigan não gostou nadinha da ideia do novo filme de James Franco. O ator pornô estaria sendo prejudicado


Via: UNIVERSO AA

O mais novo drama pornô de James Franco tem feito muito barulho nos Estados Unidos. Chamado de King Cobra, a trama trata do  do assassinato de Bryan Kocis, o dono do Cobra Videos (estúdio pornô gay), em 2007. O filme recebeu aclamação da crítica e até foi premiado no Festival de Filmes de Tribeca.

Mas nem todo mundo ficou satisfeito com o resultado do vídeo. Brent Corrigan, por exemplo, que é um dos maiores nomes da indústria pornô americana, acusou a indústria de Hollywood de denegrir e desgraçar sua vida.

O drama de Franco mostra Corrigan, interpretado pelo ex-Disney Garrett Clayton, ainda no início de sua carreira. Ele era um dos destaques do Cobra Vídeos e, aparentemente, um grande contato com Kocis. Quando o chefe foi morto, Corrigan foi uma das testemunhas na acusação dos assassinos Harlow Cuadra e Joseph Kerekes, justificando uma disputa que ocorria dentro da indústria pelo seu nome.

Garrett Clayton que interpreta Brent Corrigan no filme "King Cobra" e James Franco


Brent Corrigan, nome artístico de Sean Paul Lockhart, foi ao Twitter desabafar: “Não é apenas por mim. Estes cineastas não ligam para nada além da opinião deles próprios sobre tudo”. Lockhart ainda disse que mostrará seu ponto de vista sobre o ocorrido em seu livro, ainda a ser lançado, Incorrigible.

O astro pornô já tinha revelado ter sido procurado para estrelar o filme, mas preferiu se dedicar ao livro e não participar de uma “exibição dos eventos na visão de outra pessoa”, já que ele viveu tudo aquilo, quando ainda mais jovem. “Mesmo com o tempo que se passou, as memórias ainda são muito reais e duras para mim”.

O diretor do filme, Justin Kelly, se defendeu, e disse que não quis fazer cenas que chocassem, mas que não fossem apologéticas: “Não tive o desejo de chocar – é parte da história. Eu e os atores discutimos desde o primeiro dia que você não pode impedir nada de aparecer”.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.