Rússia: propaganda da CK é analisada por possíveis "tendências homossexuais"

Os vídeos são propagandas para a web do perfume CK2, um perfume unissex da Calvin Klein


Da lista de piores países do mundo para ser gay, com certeza a Rússia integra o top 10, pelo fato do país ter uma legislação super retrograda no que se trata de política de inclusão, principalmente dos gays. Por lá, até Madonna e Lady Gaga foram proibidas de fazer show, por levantar a bandeira e discursos pró-LGBT.

A última que tá rolando no país é uma investigação sobre dois comerciais da Calvin Klein, os vídeos promovem um perfume unissex da marca, CK2. Algumas denuncias oriundas de moradores de Arkhangelsk, uma cidade portuária no norte europeu da Rússia ocidental, foram o ponta pé inicial para todo esse babado, já que segundo eles, os anúncios são uma espécie de "propaganda gay", o que é proibido no país.

Um dos vídeos da CK2 mostra casais heterossexuais em cenas quentes, o que não foi motivo de polêmica na Rússia


O primeiro vídeo, "HOW2 Reconnect :45", mostra dois rapazes se "reconectando" através dos seus laptops e celulares. Um cena mostra eles deitados na cama, porém completamente vestidos. Já o segundo vídeo mostra vários casais heterossexuais com direito a beijoe tudo mais, porém duas garotas se divertem numa ponte e em outra cena dois rapazes numa rua saem suados e descamisados, em cima de uma moto ~ amei essa cena.

A questão aqui não é discutir se os vídeos são ou não "propagandas gays", até porque a gente sabe que isso não existe e ninguém "vira gay" porque foi estimulado a isso, mas sim a estupidez da legislação russa, que inclusive tornou o país um celeiro de crimes contra LGBT's e atos homofóbicos.

Os vídeos estão aqui em baixo, inclusive, amei todos:


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.