60% dos gays com HIV contraíram o vírus de caras que conheceram em aplicativos

60% dos pesquisados confirmaram ter contraído o HIV de parceiros que conheceram em aplicativos como Grindr, Scruff e Manhunt


Uma pesquisa realizada pela Universidade de Brown, nos Estados Unidos, apresentou dados no mínimo tristes e curiosos; 60% dos homens, gays ou bissexuais, diagnosticados com HIV, contraíram o vírus de parceiros que conheceram em aplicativos re "relacionamento" ou pela internet.

Os dados foram obtidos em parceria com o Hospital Miriam e o departamento de saúde do estado de Rhode Island. 70 pacientes foram entrevistados, todos eles haviam contraído o vírus no ano de 2013. 43 deles eram homens que faziam sexo com outros homens, sendo que 22 deles disseram ter contraído o HIV de parceiros que conheceram em app's como Grindr  e Manhunt.

“Esse é o primeiro estudo que mostra como a internet tem presença nos novos casos de HIV e destaca as oportunidades de parceria com os sites para avançar na saúde pública”, afirma Amy Nunn, professora de saúde pública e medicina da Brown.

Ao contrário do que muitos pensas, o objetivo da pesquisa não é levantar uma imagem ruim sobre esses aplicativos, pelo contrário, a intenção é que essas plataformas fiquem atentas e comecem a divulgar campanhas e anúncios de prevenção contra o HIV, de acordo com Amy. “Reduzir a transmissão da doença deve ser parte dos programas de responsabilidade social dessas empresas”, finaliza.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.