Sam Smith vence Oscar de melhor canção e dedica o prêmio para a comunidade LGBT

Sam Smith após receber o Oscar de melhor canção original


Sam Smith levou ontem, 29, Oscar de melhor canção original por "Writing's on the wall", trilha do filme "007 contra Spectre" ~ que eu acho maravilhoso. Esse foi o primeiro Oscar do cantor, que é assumidamente gay.

Em seu discurso Sam ~ que está magérrimo ~ dedicou o prêmio para a comunidade gay: "Recebi uma carta de Ian McKellen, dizendo que nenhum homem abertamente gay já ganhou um Oscar. Se este for o caso, mesmo que não seja, eu gostaria de dedicar este prêmio à comunidade LGBT", afirmou.

Apesar da carta citada por Sam, ele não foi o primeiro gay assumido a ganhar a estatueta da academia. Elton John já levou o prêmio pela trilha de "O Rei Leão" e o roteirista Dustin Lance Black,  namorado do fofo Tom Daley, ganhou um Oscar por "Milk: A voz da igualdade".

Sam concorria com Lady Gaga, que entrou na disputa com a música "Til it happens to you", trilha do documentário "The hunting ground", sobre agressões sexuais em universidades nos Estados Unidos. Gaga era uma das favoritas, e teve gente que não curtiu o fato da mother monster ter perdido.

Confira abaixo as apresentações de Gaga e Sam Smith no Oscar 2016:



Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.